Neuroses absurdas e tatuagem de segurança

Ontem, depois de exatos um ano e um mês, fui ao cinema. Tinha ido dois dias antes de o João nascer, assistir Um Dia, com a Anne Hathaway – ele dava cada salto na minha barriga que achei que ia sair pelo umbigo, ali mesmo – e voltei ontem para ver O Impossível, com Ewan McGregor e Naomi Watts.

O filme é inspirado na história real de uma família que se separa durante o tsunami da Tailândia, em 2004. É tenso, tenso, tenso. E eu, que já tinha pânico de criança perdida desde que meu irmão sumiu na C&A, na década de 80 – #quem nunca? – me vi cheia de pesadelos.

João é super mochilinha. Já foi ao show do Danilo Caymmi, da Maria Rita, do Hildebrando Pascal, várias vezes à Filarmônica. Nunca tive medo de multidão, mas tinha a vantagem de ele só ficar no colo. Agora que anda de um lado para o outro e é o bebê mais “dado” do mundo, fica perigoso. Para falar a verdade, saí ontem do filme com vontade de implantar um chip localizador nele (se alguém souber quem coloca, me avisa! dane-se-a-ética-tô-nem-aí-faço-qualquer-coisa-para-não-perder-meu-bebê).

Quando Bebela, minha afilhada de 4 anos, nos acompanhou a um show ao ar livre, escrevi nas costas dela, com canetinha, seu nome completo e os telefones de contato. Atende ao objetivo, mas é uma marmota. Uma solução menos avacalhada são as tatuagens de segurança.

Achei no site gringo Safety Tat. São tipo aquelas que vinham no chiclete, vc aplica com água e ela sai em uns 3 dias. Há diversos modelos, tanto para crianças perdidas quanto para aquelas que têm alguma condição especial, como autismo ou diabetes. Você escolhe a imagem e coloca o contato. Acredito que as crianças maiores devem amar.

SafetyTat 2 SafetyTat 3

Outra possibilidade bacana é fazer, você mesma, a tatoo. A Estefi Machado, que tem um dos blogs mais bacanas do pedaço (só coloco vocês na boa), ensina como fazer aqui.

Beijos e prende-o-menino-na-coleira! rsrsrsrsr

Esta entrada foi publicada em Segurança, Viagens com as etiquetas . ligação permanente.

8 respostas a Neuroses absurdas e tatuagem de segurança

  1. Simone diz:

    Gabi ja ri horrores de seu texto hoje…kkkkkkkkk a identificacao nas costas foi o maximo..hehehe,tirando realmente a parte engraçada realmente com esses bebes lindos e fofos que vao com todo mundo nada melhor do que prevenir ne mesmo..rsrsrs ,fico imaginando sophia com apenas 5 meses ja arrasta de bumbum pra todo lado imagina quando tiver andando..affffff….etiqueta nela…rs beijos

    • Olha que nem propus algemar, heim, Simone!

    • Alexandre Pimenta da Rocha diz:

      Ontem também fiquei preocupado, não só com a Tatuagem, mas com a idéia do Tsunami. Já pensou se rola um em Cuba? Enfim, sem querer ser profeta do caos, acho que a Tatuagem é a melhor escolha. Fácil, prático e barato.

  2. Oi Gabi,
    Passei aqui para conhecer seu blog. Obrigada pela visita no meu Que Seja Doce.
    The Impossible foi o primeiro (e único) filme que eu assisti esse ano, mas não no cinema. Sabe que me deixou mal? Chorei horrores, terminei soluçando e tive uma péssima noite. Achei altamente não recomendado para mães (vi meu menino em cada uma daquelas crianças).
    Adorei a ideia da tatuagem, vou correndo dar uma olhada já que meu filho num para quieto um segundo na vida.
    Um beijo
    Nivea

    • Nívea, que bom te ver aqui! Ainda estou com “Que Seja Doce” aberto, lendo todos os posts que posso. É amor, viu!😉
      O filme é mesmo chocante. Chorei desde a 2a cena, mas achei válido, pois acabei tendo uma conversa séria com o marido sobre emergências. Ah dele se largar um filho nosso com estranhos! Ah! Que ideia de maluco, a daquele cara!
      Olha, quanto às tatuagem de segurança, saiu na Folha de São Paulo de ontem uma solução ainda mais bacana. São pulseirinhas de silicone, sem fecho, com informações para uma SMS, que vai também proteger os dados dos pais. É uma iniciativa da ONG Anjos do Verão. Postei a reportagem no facebook do Dadadá.
      Beijo!

  3. Ana Lúcia diz:

    Adorei a dica do site e já vou encomendar uma pro meu rebento!!! Sou neurótica e tenho pânico só de pensar em perder meu filhote. Bjão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s